Fio Merino Sport Superwash

O inverno mal começou e nós, aqui do Sul do Brasil, estamos lançando nosso terceiro fio superwash do ano.

O fio Merino Sport SW possui apenas 1 cabo (single) com uma torção que o deixa muito macio, mas sem perder nada em resistência. Por ser 100% lã merino superwash, é indicado para roupas e acessórios de bebês e crianças, e claro, os adultos também merecem uma peça tecida com esse fio. 😉

Como o próprio nome diz, este fio se classifica na espessura Sport, com 19 voltas por polegada (Wpi). Para quem já conhece nossos fios, ele está entre o fio Merino Fingering (sock) e o Merino DK.

O Merino Sport apresenta-se em meadas de 100 gramas e aproximadamente 300 metros. As agulhas de tricô indicadas são entre 3 e 4 mm. O tratamento superwash aplicado à lã, permite que as peças sejam lavadas à máquina. Indicamos ciclo suave e todas aquelas recomendações de sempre: sabão neutro e água fria. Afinal de contas, uma peça que é feita com tanta dedicação e às vezes, bastante tempo, merece carinho e cuidados especias.

E as novidades não param por ai. Além de algumas cores que já são queridinhas por muitos, como Dona Maria, Adelita e os lindos tons de corantes naturais como pau-brasil, o Merino Sport chega com 4 novas cores: Storm, Ocaso, Latte e Figo.

Algumas das lindas cores do pau-brasil

Todas as cores disponíveis estão em nossa loja virtual, que está sempre sendo atualizada com novas lindas tonalidades

Ah, temos revendedores espalhados por quase todo país. Clique aqui e encontre um pertinho de você.

Eu vou passar o fim de semana aqui escolhendo um xale para tecer com esse fio! 🥰

Gostaram da novidade?

Conta para a gente: qual dos fios superwash você gostou mais?

😉😘

Fios e cores: do campo para o seu bordado!

Depois de alguns anos pesquisando e testando, apresentamos nossos fios de lã especiais para bordado, que levarão ao seu bordado toda delicadeza e textura da lã provenientes de duas raças de ovelhas: Corriedale e Merino, 100% brasileiros. 

Todos os tingimentos com corantes naturais

Diferente do algodão, a lã possui uma textura opaca e é bastante delicada. Nossas cores pastéis se devem ao fato dos fios serem tingidos a mão e unicamente com corantes naturais. Você vai encontrar fios tingidos com pau-brasil, cochonilha, índigo, erva-mate, pau-ferro, nogueira, araucária, alfafa, acácia-negra e carqueja.

Cores de tingimento com pau-brasil

Nossos fios de bordado se apresentam em duas espessuras: Fine (equivalente a 3-4 fios mouliné, 100% lã Merino) e Super Fine (1-2 fios mouliné, 100% lã Corriedale) e estão disponíveis em nosso site em kits, com quantidades e combinações variadas.

Se você ainda não conhece a textura do bordado com lã, que tal experimentar? 😃

Worsted Superwash?!?

Estamos lançando a segunda novidade em fios de 2020. É o Fio Merino Worsted SW, com 3 cabos torcidos e em sua composição, apenas lã merino com tratamento superwash.

Cinza, preto, marrom escuro, marrom castanho e bege.

Devido à esta composição e sua torção suave é um fio bastante resistente, porém muito macio e um pouco elástico. Ideal para a confecção de blusas, cardigans e coletes. Sua espessura também o torna adequado para cachecóis, golas e gorros. As agulhas de tricô indicadas para este fio são entre 4,5 e 5,5 mm e de crochê entre 5,5 e 6,5 mm. A meada de 100 gramas possui aproximadamente 166 metros.

Hoje, estamos disponibilizando as 5 primeiras cores do Fio Merino Worsted SW, sendo 4 de tingimento ácido e 1 de tingimento natural, a cor 302 feita com corante extraido da Acácia-negra.

Cor 302 – Acácia-Negra

Ah, e este fio trás uma cor totalmente nova na nossa linha de produtos, a cor 359, que é um marrom castanho, muito brilhante e com tons semi-sólidos.

Cor 359

Para conferir este e demais fios, com todas suas cores, é só espiar nosso site. E para quem reside no exterior, temos um site para vendas internacionais, é só clicar aqui!

Em breve, traremos novas cores no Fio Worsted SW. Qual a sua aposta?

Nos acompanhe lá em nossa página no Instagram e fique por dentro de todas as novidades.😉

O Superwash está de volta!

Findamos o mês de abril com uma novidade, aguardada há tempos por todos nós. Sim! A Lã Merino Superwash está de volta.

Ontem, 30 de abril de 2020, lançamos nosso Fio Sock SW, com edição limitada!

Nele, a lã merino vem acompanhada do nylon, torcidos em 3 cabos, formando assim um fio extremamente macio e resistente. Super indicado para a confecção de meias e roupas de bebê.

Composição: 80% lã merino superwash, 20% nylon
Meada de 100g e aproximadamente 400 metros.
Espessura: 18 wpi – light fingering/sock
Agulhas de tricô: 2 – 3 mm
Tingimento: feito à mão, em pequenos lotes.

Já estão disponíveis em nosso site as primeiras cores desse fio, com algumas novidades, como Ártico, Adelita e Boreal.

Ártico, Adelite e Boreal

O clássico, mas nada básico com seus tons neons, Unicórnio, também ganhou sua versão no Sock SW.

Unicórnio

E entre as 10 opções de tingimento que apresentamos hoje, também temos algumas de tingimento com corante natural, como Acácia-Negra e Cochonilha.

Você pode conferir essas e as demais cores disponíveis em nosso site: www.fiosdafazenda.com.br

E ai, prontos para tricotar seu primeiro par de meias?

Gola Marshmallow


Super simples e rápida, a Gola Marshmallow pode ser tecida com apenas uma meada do Fio Corriedale Jumbo Da Fazenda.

É indicada para iniciantes que querem aprender a usar a agulha circular. Ou para você que quer um projeto rápido. Ideal para presentear.



Material:
1 meada do Fio Corriedale Jumbo Da Fazenda
Agulha circular 10 mm, com cabo de 60 cm.
1 marcador de pontos
Agulha de tapeçaria para arrematar (opcional)

Abreviações:
m: ponto meia
t: ponto tricô

Instruções:

Monte 60 pontos na agulha.

Feche o círculo. (caso você não saiba como fazer, assista esse vídeo =>aqui<=).

Coloque o marcador (ele vai indicar o início da carreira).

Teça 5 carreiras em ponta barra 1×1 (*1m, 1t*).

Após tricotar a barra da gola, tecer em ponto meia por 20 carreiras.

Finalize com 5 carreiras em ponto barra 1×1 (*1m, 1t*) e arremate conforme instruções abaixo:

Carreira de arremate: teça dois pontos em meia.Volte o primeiro ponto por cima do segundo. Você terá apenas um ponto na agulha. Repita até o fim da carreira.

Esconda os fios. E sua gola está pronta!

Aposte em um tingimento bem colorido para dar ainda mais charme à sua gola.

Com apenas uma meada, você tem uma gola para aquecer os dias frios que estão por vir 🙂

Patches bordados

tutorial por Clara Quintela (@clarabeauty)

Material:

-2 meadas do fio para bordado da Fazenda em duas cores diferentes da sua preferência (em breve disponíveis para venda)
-Bastidor (mas se o tecido for bem grosso não precisa)
-Tecido em algodão. Se for grosso, como uma lona, melhor!
-Feltro
-Papel carbono para transferir o desenho
-O desenho (você o encontra ali embaixo)
-Agulha, tesoura afiada e cola branca.

1- Transfira o desenho para o tecido (se for usar bastidor, não esqueça de deixar espaço nas bordas).

2- Faça todo o contorno em ponto atrás .

3- Faça a primeira camada de ponto cheio NA HORIZONTAL .

4- Faça a segunda camada de ponto cheio NA VERTICAL .

5- Recorte o bordado deixando uma pequena margem de tecido em volta. Essa margem você vai precisar depois quando for costurar o seu bordado na roupa .

6- Espalhe cola no verso do bordado e também no tecido em torno e cole no feltro. E seguida deixe secar naturalmente, de preferência debaixo de um livro ou algo bem pesado.

6- Uma vez, seco recorte as bordas do jeito que você quiser e costure na sua roupa .

Sugestões de imagens para você bordar

Você pode imprimir o passo a passo com os desenhos clicando em PDF abaixo.

Enjoy!

Pau-brasil

Quando as expedições portuguesas chegaram ao Brasil,  no início do século XVI,  encontraram uma árvore muito semelhante a outra árvore tintórea asiática, já conhecida na Europa pelo extraordinário corante rubro. O pau-brasil era conhecido pelos índios tupis como “ibirapitanga”, que significa “pau vermelho”.

Tronco de pau-brasil com mais de 30 anos

O comércio do pau-brasil foi a primeira atividade econômica em nossas terras. Além do corante, sua madeira nobre também era muito apreciada para marcenaria.  Foi a primeira árvore a entrar na lista de espécies ameaçadas  de extinção no Brasil, devido à sua intensa exploração.

Hoje, nós dos Fios da Fazenda utilizamos resíduos de pau-brasil (serragem/pó) provenientes de uma fonte sustentável, uma  fábrica de arcos de violino que  possui uma plantação com mais de 40 anos,  certificada pelos órgãos ambientais competentes.

Serragem de pau-brasil

Do corante obtido dessa serragem, conseguimos tingir nossos fios em diversas cores e em diferentes tons.

Já estão disponíveis em nossa loja virtual, fios em 5 cores tingidas a partir do pau-brasil.

www.fiosdafazenda.com.br

Meadas tingidas com pau-brasil

Em breve, traremos mais novidades!

Mudamos!

Aqui estamos nós, de cara nova, site novo, marca nova e a mesma qualidade e carinho na produção e tingimento artesanal dos nossos fios e mechas de lã.

Com tudo isso, começamos também um novo blog, substituindo o Blog da Fazenda, que continuará lá no antigo endereço virtual como arquivo.

Por aqui você verá novidades sobre nossos produtos, nosso processo de produção, curiosidades e dicas, e claro, muitas receitas com nossos fios!

Fiando com um fuso

Fuso é um objeto utilizado para fiar (= fazer fio) que já serve ao homem a milênios. Sua data de origem exata foi perdida, mas arqueólogos encontraram objetos semelhantes ainda na era neolítica.

Um fuso nada mais é que uma haste na qual se prende um contrapeso para dar estabilidade na hora de girar. E é nesse girar que o fio se faz a partir da fibra que a fiandeira vai soltando de suas mãos para a haste. Um fuso pode ser feito de madeira, metal, pedra, plástico e se você sair procurando aí pela internet vai encontrar gente que improvisou o seu com lápis e cds.

Hoje em dia, pouco vemos gente fiando por aí ou até mesmo que reconheça um fuso, mas no passado era ocupação de famílias inteiras: no fim do inverno, recolhia-se a lã dos animais, que era lavada e cardada. E pelo resto do ano, essa fibra toda deveria ser fiada para virar roupas, cobertores e demais tecidos necessários para a sobrevivência da família na próxima estação gelada.

Não era moleza, não. Fiar quilos e quilos de fibra a mão era trabalho para meses sem fim. E para facilitar o serviço que não acabava nunca, alguém inventou, por volta do século XI a roca, que agilizou muito a produção.

Com a Revolução Industrial, os fusos e rocas foram aposentados. As máquinas passaram a se ocupar do trabalho enfadonho, cansativo e longo e o que antes eram objetos presentes em todas as casas, ninguém mais lembrava que existiram. Só com a recente onda de revalorização dos trabalhos manuais é que eles estão voltando a ter espaço, tanto quanto outras manualidades como o tricô e o crochê. E como tudo que não é um dever, uma obrigação, virou hobby e até meio de vida de muitas artesãs. Afinal, é um contentamento fiar o próprio fio que se vai utilizar para fazer uma peça.

Você também pode ter o seu fuso e aprender a fiar.

Em nossa loja virtual, você encontra dois tipos de fuso: top whorl, usado para fiar fios mais finos,  e bottom whorl, para fios mais grossos.

.

>> Interessada em comprar fibra? Conheça nossas cores.

Bottom whorl e top whorl.

Outubro Rosa: promoção na loja Da Fazenda

No início deste mês começou o Outubro Rosa, uma campanha mundial para conscientizar as mulheres sobre o câncer de mama e informar sobre medidas preventivas contra a doença.

A iniciativa é da Fundação Susan G. Komen for the Cure, que lançou a ideia em 1990. Você com certeza já deve ter visto por aí o lacinho cor de rosa, na forma de broche ou estampado em camisetas. Um lacinho justamente para lembrar que o autoexame tem que ser realizado regularmente e que mulheres acima de 40 anos precisam fazer mamografia todos os anos.

>> Saiba mais sobre a campanha

Tricote rosa! – Resolvemos entrar na campanha este ano do nosso jeito. Até o dia 31 de Outubro de 2012, todos os fios rosa*** Da Fazenda estão com desconto de 10%. Coloque no carrinho os fios que você deseja e na hora de pagar use o cupom promocional ROSA.