Xale Juno

Que tal um xale bem colorido e espesso para enfrentar o frio desse inverno?

O Juno é um xale todo feito em brioche bicolor, ponto que é mais conhecido no Brasil como barra inglesa. Esse ponto é uma variação do ponto barra 1 x1 e tem como características ser mais “fofo” e mais elástico.

Junte a isso ao fato de que ele foi feito com o fio Merino Sock 4ply da Fios da Fazenda, uma lã já conhecida pela sua maciez e delicadeza, que fazem esse xale ser perfeito para ser usado em contato direto com a pele.

Modelo: Iris Alessi. Foto: Andressa Lopes
Modelo: Iris Alessi. Foto: Andressa Lopes
Modelo: Iris Alessi. Foto: Andressa Lopes
Modelo: Iris Alessi. Foto: Andressa Lopes

 Xale Juno

por Clara Quintela

>> Favorite essa receita no Ravelry

Material

Fio: 4 meadas de Fios da Fazenda Merino Sock 4 ply, em 4 cores contrastantes

>> Você pode comprar o fio para esse projeto em nossa loja online

Agulhas: 3,5 mm (circular, com pelo menos 80 cm de comprimento)
Acessórios: 2 marcadores, agulha para acabamento

Amostra (em ponto brioche)
18 pts x 22 carr = 10 cm

Tamanho final (blocado)

Xale Juno_esquema

Observações

  • Esse xale começa no centro superior.
  • Se você não está super confiante em tricotar em ponto brioche, sugiro que use um fio de segurança de vez em quando.

Considerações sobre o trabalho em cores

  • Eu usei apenas uma cor/uma meada de um lado (a qual me referirei como cor principal ou CP) e as outras 3 cores (que chamarei de cor contrastante ou CC) do outro. Isso quer dizer que você terá sempre a mesma cor/a mesma meada de um lado e precisará trocar apenas as do outro lado do xale.
  • Eu tricotei 12 repetições da parte 2 em cada cor contrastante.
  • Depois dessas 12 repetições, eu fiz algumas listras para marcar a transição, alternando a cada duas carreiras a CC anterior e a próxima, três vezes no total. Para isso, a mudança de cor acontece SEMPRE e APENAS nas carreira 3: (LC CE))

Não se esqueça: Isso é um xale. Sinta-se à vontade para modificar a variação das cores da maneira que a sua imaginação mandar 🙂

Wrapped cast on
Faça um anel mágico (enrole os dois fios juntos em sentido horário em torno do seu indicador da mão esquerda uma vez), deixe aproximadamente cerca de 15 cm de fio sobrando. Utilizando a CP, insira a agulha da mão direita agulha no meio do círculo e faça 1m, laç, 1m, laç, 1m, laç, 1m (total 7 pontos criados). Puxe o fio para fechar o anel mágico.

Abreviações
LE – lado escuro do trabalho – as colunas em meia nesse lado do trabalho são trabalhadas na cor escura.
LC – lado claro do trabalho – as colunas em meia nesse lado do trabalho são trabalhadas na cor clara
CE – cor escura – use o fio escuro
CCL – cor clara – use o fio claro

Exemplo: LC CCL signifique que o lado do trabalho em que você vai trabalhar agora tem colunas em meia tricotadas na cor clara (LC) e que você vai tricotar essa carreira com o fio claro (CCL).

pm – passar marcador
brm – brioche meia
brt – brioche tricô

>> Como tricotar brm e brt

brmyobrm (aumenta 2 pts) dentro do mesmo ponto, faça: brm1, laç, brm1. Na carreira seguinte, quando você chegar nesses pontos recém criados, você vai p1sf como você está acostumada e simplesmente tricotar o ponto seguinte em tricô invés de brt.

br4pt – brmyobrmyobrm (aumento 4 pts) = dentro do mesmo ponto, faça: brm1, laç, brm1, laç, brm1. Na carreira seguinte, quando você chegar nesses pontos recém criados, você vai p1sf como você está acostumada e simplesmente tricotar o ponto seguinte em tricô invés de brt.

>> Como fazer aumentos em brioche

Modelo: Iris Alessi. Foto: Andressa Lopes
Foto: Andressa Lopes

Execução
Com a montagem do anel mágico, faça 7 pontos. Não vire o trabalho, arraste todos os pontos para a outra extremidade da agulha.

carreira de preparação 1: (LC CE) (p1sf laç, p1) três vezes, p1sf laç. Vire o trabalho.
carreira de preparação 2: (LE CCL) brt1, *p1sf laç, brt1*, rep de*. Não vire o trabalho, arraste todos os pontos para a outra extremidade da agulha.
carreira de preparação 2: (LE CE) p1sf laç, * brm1, p1sf laç*, rep de *. vire o trabalho.

Parte 1
carreira 1: (LC CCL) brm1, p1sf laç, br4pt, coloque um marcador (de agora em diante chamado de marcador central), p1sf laç, coloque outro marcador (de agora em diante chamado de marcador central), br4pt, p1sf laç, brm1. Não vire o trabalho, arraste todos os pontos para a outra extremidade da agulha. (15 pts). Nota: esses dois marcadores isolam o ponto central que vai formar a espinha do xale.
carreira 1: (LC CE) p1sf laç, brt1, (p1sf laç, p1) duas vezes, p1sf laç, pm, brt1, pm (p1sf laç, p1) duas vezes, p1sf laç, brt1, p1sf laç. Vire o trabalho.
carreira 2 e todas as (LE CCL): brt1, *p1sf laç, brt1*, rep de *. Não vire o trabalho, arraste todos os pontos para a outra extremidade da agulha.
carreira 2 e todas as (LE CE): p1sf laç, * brm1, p1sf laç*, rep de *. Vire o trabalho.

Parte 2
carreira 3: (LC CCL) brm1, p1sf laç, brmyobrm, trabalhe em brioche até o último ponto antes do marcador central, brmyobrm, pm, p1sf laç, pm, brmyobrm, trabalhe em brioche até os últimos três pontos, brmyobrm, p1sf laç, brm1. Não vire o trabalho, arraste todos os pontos para a outra extremidade da agulha. (8 pts aumentados)
carreira 3: (LC CE) tricote em brt, trabalhando os aumentos quando você chegar neles.
carreira 4 e todas as carreiras (LE CCL): brt1, *p1sf laç, brt1*, rep from*. Não vire o trabalho, arraste todos os pontos para a outra extremidade da agulha.
carreira 4 e todas as carreiras(LE CE): p1sf laç, *brm1, p1sf laç*, rep from *. Vire o trabalho.

Repita as carreiras 3 e 4 quantas vezes você desejar. Para o xale da foto, eu repeti essas carreiras 48 vezes (407 pts total ao final).

Pelerine Lilac

by ClaraBeauty

>> Favorite esta receita no Ravelry

>> This pattern in English

Pelerine Lilac
Clique na imagem para ampliar
Pelerine Lilac
Clique na imagem para ampliar

Material

2 meadas de Merino Worsted Da Fazenda (100% merino, 100 g, 190 m)
agulha 5,5mm
8 marcadores
contador de carreira (opcional)

Tamanho: M, mas a receita tem indicações para aumentá-la ou diminuí-la
Decote: 43cm
Ombros: 57
Altura: 36cm

Amostra
16pts x 22car = 10cm

Notas

  • Na frente, em ambos os lados, há um i-cord (rabo de gato) anexado às duas bordas. A maneira de fazê-lo já está descrita na receita, basta segui-la normalmente.
  • Como aumentar ou diminuir: meça a circunferência do seu corpo juntamente com seus braços um pouco abaixo dos ombros. Para esta receita, o tamanho é de 110cm de largura. Se a sua medida for superior a essa, aumente as repetições da sequência de aumentos ANTES de passar para a parte reta. Se a medida for menor, invés de três repetições, faça menos.
  • Quantas repetições? Essa é a vantagem de fazer uma peça top down com uma agulha circular: é possível experimentá-la à medida em que a tricota. Tricote algumas carreiras e vista a sua peça para saber se o tamanho está adequado. Em todo caso, você também pode usar os dados da amostra para calcular o número de pontos. Fica a seu critério.

Legenda
m = meia
t = tricô
mtoc = meia torcido
ttorc = tricô torcido
ms = mate simples
laç = laçada
2pjm / 3pjm = dois/três pontos juntos em meia
2pjt = dois pontos juntos em tricô
md = mate duplo
mdc = mate duplo central
pm = passar marcador

Pontos Empregados

Borda direita
Carreira 1 (direito): 3t, 1mtorc, 1t, ms, laç, 1t, 1mtorc, 3t.
Carreira 2 (avesso): 3m, 1ttorc, 1m, 2t, 1m, 1ttorc, com o fio na frente do trabalho passe 3 pts sem fazer em tricô.
Carreira 3: 3t, 1mtorc, 1t, laç, 2pjm, 1t, 1mtorc, 3t.
Carreira 4: igual à carreira 2

Borda esquerda
Carreira 1 (direito): 3t, 1mtorc, 1t, ms, laç, 1t, 1mtorc, com o fio atrás do trabalho passe 3 pts sem fazer em tricô.
Carreira 2 (avesso): 3m, 1ttorc, 1m, 2t, 1m, 1ttorc, 3m.
Carreira 3: 3t, 1mtorc, 1t, laç, 2pjm, 1t, 1mtorc, com o fio atrás do trabalho passe 3 pts sem fazer em tricô.
Carreira 4: igual à carreira 2

Painel central (costas)
Carreira 1: ms, laç, 5m, (laç, 1m) x 5, laç, 5m, laç, 2pjm.
Carreira 2 e todas as carreiras do avesso: toda em tricô
Carreira 3: ms, laç, ms, 1m (2pjm, laç) x 2, 3m, laç, 1m, laç, 3m, (laç, ms) x2, 1m, 2pjm, laç, 2pjm.
Carreira 5: ms, laç, mdc, laç, 2pjm, laç, 5m, laç, 1m, laç, 5m, laç, ms, laç, mdc, laç, 2pjm.
Carreira 7: md, laç, 2pjm, laç, 1m, laç, ms, 1m, 2pjm, laç, mdc, laç, ms, 1m, 2pjm, laç, 1m, laç, ms, laç, 3pjm.
Carreira 9: 1m, 2pjm, laç, 3m, (laç, mdc) x3, laç, 3m, laç, ms, 1m.

Montagem de pontos para o picô
A montagem inicial da peça pode ser feita da maneira que você quiser, desde que não seja muito elástica.

Para a montagem pedida nas instruções do picô, eu indico esta:

com dois pontos na agulha esquerda, insira a ponta da agulha direita entre eles. Lace o fio (que deverá estar atrás do trabalho), passando-o por entre os dois pontos, e coloque-o na agulha. Na frente do segundo ponto. Total 3 pontos.

Novamente, insira a agulha direita entre os dois últimos pontos, lace o fio, passe-o por entre os pontos e acrescente-o na agulha. Total 4 pontos.

Repita a operação quantas vezes forem necessárias, até obter o número de pontos que você deseja.

Execução

Gola

Monte 138 pontos na agulha. Tricote-os da seguinte forma:

carreira 1 (direito): *1m, passa um ponto sem fazer em tricô. Repetir de * até o fim da carreira.
carreira 2 (avesso): igual a carreira 1. Repare que agora você vai fazer em meia o ponto que passou sem fazer na carreira anterior.

Repita por 7 carreiras. Na carreira 8, que é do avesso, tricote toda a carreira em 2pjt. Total 69.

Coloque os marcadores da seguinte forma: 12pts, marcador, 6pts, marcador, 1pt, marcador, 6pts, marcador, 19pts, marcador, 6pts, marcador, 1pt, marcador, 6pts, marcador, 12.

Corpo

As primeiras 30 carreiras (contando as do direito e as do avesso) correspondem a 3 repetições do painel central e são tecidas da seguinte maneira:

Carreira 1 (direito): Borda Direita, pm, laç, meia em todos os pontos, laç, pm, 1mtorc, pm, laç, meia em todos os pontos, laç, pm, Painel Central, pm, laç, meia em todos os pontos, laç, pm, 1mtorc, pm, laç, meia em todos os pontos, laç, pm, Borda Esquerda.

Carreira 2 (avesso): Borda Esquerda, pm, tricô em todos os pontos e laçadas, pm, 1ttorc, pm, tricô em todos os pontos e laçadas, pm, Painel Central, pm, tricô em todos os pontos e laçadas, pm, tricô em todos os pontos e laçadas, pm, Borda Esquerda.

Note que os aumentos são feitos sempre nas carreiras de ida (as laçadas) e tricotados em tricô nas carreiras de volta. A cada carreira, são aumentados 8 pts, sendo 4 de cada lado do painel central.

Faça essas duas carreiras 30 vezes para o tamanho M. Total = 189pts.

(Para outros tamanhos, leia as orientações na seção Notas.)

A partir da 31a. carreira, os aumentos se encerram e as sequências passam a ser assim:

Carreira 1 (direito): Borda Direita, pm, laç, 1ms, 32m, 2pjm, laç, pm, 1mtorc, pm, laç, 1ms, 32m, 2pjm, laç, pm, Painel Central, pm, laç, 1ms, 32m, 2pjm, laç, pm, 1mtorc, pm, laç, 1ms, 32m, 2pjm, laç, pm, Borda Esquerda.

Carreira 2 (avesso): igual ao que você já estava fazendo.

Faça essas duas carreiras 50 vezes, que correspondem a 5 repetições do painel central, ou até alcançar a altura desejada.

Finalização

Faça 4 carreiras em meia, do início ao fim (dois cordões de tricô).

O arremate é feito com picôs da seguinte maneira:

Faça 2m. Passe o primeiro ponto por cima do segundo (arremate)

– * Devolva o ponto para a agulha esquerda.
– Com o método de montagem descrito acima, coloque 2 pontos na agulha esquerda.
– Com os novos pontos, tricote 2pjm. Devolva o ponto resultante para a agulha esquerda. Faça novamente 2pjm. Devolva o ponto resultante para a agulha esquerda. Faça a mesma coisa com os 3 pontos seguintes (que já estavam na agulha antes).

Repita as instruções acima a partir de * até o fim dos pontos.

Para um melhor acabamento, ao terminar de tecer a sua peça bloque, isto é, lave-a com cuidado e, ainda úmida, estique-a numa superfície plana presa por alfinetes ao longo das extremidades, mas não estique demais o decote. Deixe-a secar dessa maneira.

Lã para… dormir

Utilização de lã na fabricação de roupa de cama favorece o bem-estar e saúde dos usuários. Quem afirma isso é o Australian Wool Innovation (AWI) no Congresso Mundial da Federação Internacional para Economias Domésticas (IFHE, sigla em inglês) na semana passada em Melbourne, Austrália.

>> Para ler a matéria completa, clique aqui.

“A ciência está mostrando que além de ser uma fibra natural, renovável e biodegradável, roupas de cama e de dormir de lã parecem promover uma melhor noite de sono e podem ajudar pessoas que sofrem com alguns tipos particulares de condições da pele”, afirmou o gerente de inteligência de mercado do AWI, Paul Swan.

A pesquisa, financiada pelo AWI, foi realizada pelo Instituto de Dermatologia de Queensland.

“Em condições de calor (29º Celsius), vestir roupas de dormir de lã levou participantes de um estudo a dormir significantemente mais tempo, refletindo um início mais rápido do sono e acordando com menos frequência. Em condições de frio (17ºC) e neutras (22ºC), a combinação de roupas de dormir e de cama de lã levaram os participantes a ter um sono mais eficiente comparado quando testados usando roupas de cama e de dormir de outros tecidos”, diz Swan.

Até o mito da alergia da lã foi abordado pelo estudo, que mostrou que o uso de roupas de lã fina Merino ajuda pessoas que sofrem com condições de dermatite. “A lã Merino tem propriedades de controle da umidade e da temperatura e ajuda naturalmente na regulação da temperatura corpórea”, disse Swan.

Gola Terra

Uma gola, que também pode ser usada como cachecol: uma opção versátil para o seu inverno.

Criação: Clara Quintela

>> A receita no Ravelry

Material

Fio – 2 meadas do fio Merino Worsted Da Fazenda (190m/100g) clique aqui para comprar este fio 

Agulha– 5,5mm

Acessórios – agulha de trança; 3 botões (aprox. 4cm de diâmetro); agulha de tapeçaria para finalizar.

Amostra

16pts x 24 carr = 10cm x 10cm

Tamanho final

18cm x 130cm

Nota

  • Esta peça pode ser usada de duas maneiras: como cachecol ou como gola, bastando, para isso, apenas abotoá-la. Querendo, também é possível fazê-la mais curta, apenas na versão gola. Para isso, repita a receita da trança apenas 5 vezes ou cerca de 60cm.
  • Ao longo da peça, em ambos os lados, há um i-cord (também conhecido como rabo de gato) para que a peça não enrole. As instruções de como fazer isso estão inclusas na receita. Basta você seguir exatamente como está escrito.
  • Para um melhor acabamento, bloque ao terminá-la, isto é, umedeça a sua peça e deixe-a secar esticada em alguma superfície plana.

Abreviações

m = meia

t = tricô

cfft = com o fio na frente do trabalho

cfat = com o fio atrás do trabalho

F3/2 = passar 3pts para a agulha auxiliar na frente do trabalho; faz 2t; tricotar em meia os 3 pontos da agulha auxiliar.

A2/3 = passar 2pts para a agulha auxiliar atrás do trabalho; faz 3m; tricotar em tricô os 2 pontos da agulha auxiliar.

3/3F = passar 3pts para a agulha auxiliar na frente do trabalho; tricotar 3m; tricotar em meia os 3 os pontos da agulha auxiliar.

3/3A = passar 3pts para a agulha auxiliar atrás do trabalho; tricotar 3m; tricotar em meia os 3 pontos da agulha auxiliar.

x 3, x 2 = multiplicar a ação que veio antes pelo número indicado

Montagem para as casas dos botões

A montagem inicial da peça pode ser feita da maneira que você quiser, desde que não seja uma montagem muito elástica.

Para a montagem pedida nas instruções da casa dos botões, eu indico esta:

com dois pontos na agulha esquerda, insira a ponta da agulha direita entre eles. Lace o fio (que deverá estar atrás do trabalho), passando-o por entre os dois pontos, e coloque-o na agulha. Na frente do segundo ponto. Total 3 pontos.

Novamente, insira a agulha direita entre os dois últimos pontos, lace o fio, passe-o por entre os pontos e acrescente-o na agulha. Total 4 pontos.

Repita a operação quantas vezes forem necessárias, até obter o número de pontos que você deseja.

A vantagem dessa montagem é que ela é bem rígida e não esgarçará com facilidade.

Execução

Monte 46 pontos.

1ª carr: (direito): 3 t, o resto em meia, passa os 3 últimos sem fazer com o fio por trás.

2ª carr: (avesso): tudo em meia, passa os 3 últimos sem fazer com o fio pela frente.

Repita essas duas carreiras 4x cada. Total 8 carreiras de cordões de tricô com icord anexado.

Casa de botões

Na carreira 9, faça as casas para os botões da seguinte forma:

3t,3m, {passe o fio para frente do trabalho, passe um ponto sem fazer da agulha da esquerda para a da direita, passe o fio para trás do trabalho, passe um segundo ponto sem fazer da agulha da esquerda para a da direita. Passe o primeiro ponto que você passou sem fazer por cima do segundo (1 arremate). *Passe um ponto sem fazer da agulha da esquerda para a da direita e passe o ponto, aquele mesmo que você acabou de arrematar, por cima desse* (2 arremates). Repita os arremates a partir de * mais três vezes. Total: 5 pontos arrematados.

Passe o último ponto arrematado para a agulha da esquerda. Vire o trabalho (isso significa que você trocará as agulhas de mão) e coloque 6 pontos na agulha que agora está na sua mão esquerda. Vire novamente o trabalho. Passe um ponto, aquele que você arrematou por último, da agulha da esquerda para a da direita. Passe o 6o. ponto que você acabou de fazer por cima do ponto arrematado. Faça os próximos 8 pontos em meia.}

Repita mais duas vezes tudo que está entre as { } e termine a carreira tricotando 3m, cfat passe 3 pontos sem fazer em t.Faça mais 7 carreiras como descritas no começo, começando da carreira 2 (avesso). Total 16 carreiras do começo até aqui.

E agora vamos começar a fazer a trança.

Trança

Carr 1, 3, 5, 7 e 9 (lado direito).: 8t, (3m, 2t) x2, 3m, 4t, 3m, (2t, 3m) x2, 5t, cfat passe os 3 últimos pontos sem fazer em tricô.

Carr 2, 4, 6, 8 e 10: 8 m, (3t, 2m) x2, 3t, 4m, 3t (2m, 3t) x2, 5m, cfft passe os 3 últimos pontos sem fazer em tricô.

Carr 11: 8t, F3/2 x3, A2/3 x3, 5t, cfat passe os 3 últimos pontos sem fazer em tricô.

Carr 12: 8m, (2m 3t) x2, 2m, 6t, 2m, (3t, 2m) x2, 5m, cfft passe os 3 últimos pontos sem fazer em tricô.

Carr 13: 10t, F3/2 x2, 3/3A, A2/3 x2, 7t, cfat passe os 3 últimos pontos sem fazer em tricô.

Carr 14: 12m, 3t, 2m, 12t, 2m, 3t, 9m, cfft passe os 3 últimos pontos sem fazer em tricô.

Carr 15: 12t, F3/2, (3/3F) x2, A2/3, 9t, cfat passe os 3 últimos pontos sem fazer em tricô.

Carr 16: 14m,18t, 11m, cfft passe os 3 últimos pontos sem fazer em tricô.

Carr 17: 14t, (3/3A) x 3, 11t, cfat passe os 3 últimos pontos sem fazer em tricô.

Carr 18: igual à carreira 16.

Carr 19: 12t, A2/3, (3/3F) x2, F3/2, 9t, cfat passe os 3 últimos pontos sem fazer em tricô.

Carr 20: igual à carreira 14.

Carr 21.: 10t, A2/3 x2, 3/3A, F3/2 x2, 7t, cfat passe os 3 últimos pontos sem fazer em tricô.

Carr 22.: igual à carreira 12.

Carr 23.: 8t, A2/3 x3, F3/2 x3, 5t, cfat passe os 3 últimos pontos sem fazer em tricô.

Carr.: 24.: igual à carreira 2.

Para a gola igual a da foto, repetir essas 24 carreiras 13 vezes.

Após a última repetição, faça as carreiras de 1 a 10 somente.

Para terminar, repita as carreiras 1 e 2 do começo (a de cordões de tricô com icord anexado) por mais 8 vezes cada – total 16 carreiras.

Arremate.

Finalização

Bloque para que a o desenho fique mais definido, e sua gola, mais bonita.

Pregue os botões na lateral, na extremidade oposta às casas.

Mais fotos