Fabiluli, uma fada que faz bonecas

A boneca sapeca representa uma criança de 3 anos.

Era uma vez uma webdesigner que um dia teve uma crise de “mulherzinha”, pediu uma batedeira e uma máquina de costura e descobriu, assim, que era na verdade uma fada que, com seus poderes mágicos, era capaz de dar alma a bonecas de pano lindas. Essa é a história da carioca Fabiana Barroso Pereira, 35, casada com o amor da sua infância e mãe de três meninas, que há dois anos fundou a Fabiluli, um atelier dedicado a fazer bonecas.

>> Conheça mais criações da Fada Fabiluli em seu site: www.fabiluli.com.br

Fabiana nem era muito fã desse tipo de brinquedo quando criança, mas um dia, navegando pela internet, encontrou uma foto que mudou tudo. “Aquela boneca me encantou e fui saber mais sobre ela. Descobri que era uma boneca baseada na pedagogia Waldorf. Eu nunca tinha ouvido falar sobre nada disso. Fui pesquisar e aí meu mundo virou para o lado certo”, conta. De acordo com a pedagogia Waldorf, para que uma boneca possa transmitir segurança e aconchego, é necessário que os materiais utilizados em sua confecção sejam naturais, como a lã de carneiro, tecidos orgânicos de algodão, madeira…”Uma boneca com enchimento sintético é uma boneca fria, de plástico se torna dura, ao passo que nós somos macios e quentes. Quando uma criança abraça sua mãe, ela nao é de plástico dura e fria, ela tem maciez e seu cheiro característico. A boneca feita com esses materiais tem vida”, explica Fabiana.

Boneca abraço.

Para as crianças que ganham o brinquedo feito por Fabiana, boneca é sinônimo de diversão, mas para a artista, é muito mais que isso. “Com a boneca a criança se prepara para o convívio com o outro, ela reproduz o que experimenta, o carinho, o cuidado. A boneca se torna o porto seguro muitas vezes de crianças sensíveis, com problemas familiares ou de convívio social. Ter uma boneca feita com materiais naturais se torna importante pelas experiências sensoriais que a criança começa a experimentar. A parte estética também a meu ver tem muita importância, a beleza é inerente e todos nos sentimos bem em ambientes bonitos e, de preferencia, simples”. Entre os vários materiais que utiliza estão a lã para enchimento e os fios naturais Da Fazenda. “São produtos de qualidade e naturais, me dando a certeza do resultado final. Minhas bonecas tem garantia para sempre e serão manipuladas desde por bebês a senhorinhas então preciso usar produtos seguros e de qualidade. E o atendimento sempre solícito e simpático do Marco faz muita diferença”, afirma Fabiana. Para fazer seu trabalho, Fabiana trabalha de forma artística, priorizando a estética e os valores sensoriais, agregando histórias e sentimentos com o objetivo de despertar ou fortalecer o encantamento. “Para dar alma a uma boneca você precisa se conectar a ela. Você precisa estar ligado àquela boneca naquele momento, sem muito planejamento ou preconceitos, mas deixar fluir o que passa na sua cabeça e no seu coração. Por isso que faz tanta diferença com o que você alimenta a sua alma”.

A fada Fabiluli

E uma criança ou mesmo um adulto pode esperar muito carinho ao abraçar uma das criações da Fada Fabiluli. “Ser uma fada hoje é buscar uma outra perspectiva da vida e dos acontecimentos. Sempre existe um lado positivo, belo e mágico no dia de qualquer pessoa, basta que ela esteja presente de verdade. Dar valor as pequenas coisas, se manter aberto ao encantamento, que pode ser uma brisa num momento de calor, um chá quente quando suas mãos estão frias, ou os pequenos sorrisos que aparecem na sua frente. Uma flor que resolveu nascer num lugar inóspito, uma bela árvore numa rua feia. Se você buscar pelas belas e simples coisas da vida, vai alimentar sua alma de forma saudável”.

Capa para Ipad

Já está pensando nos presentes para o Natal? Com uma meada apenas você pode fazer uma capa para Ipad super rápida e que agrada todo mundo.

Criação: Clara Beauty

>> Favorite esta receita no Ravelry

Clique na imagem para ampliar.

Material

1 meada do fio Corriedale Bulky Da Fazenda (95m/100g)

Clique aqui para comprar

Agulha circular ou de duas pontas 5,5mm

Agulha de tapeçaria para acabamentos

1 marcador

4 botões

Tamanho 

17cm x 26cm

Amostra (sem blocar)

duas repetições do ponto = 7cm

Nota

Esse estojo é tecido de maneira circular desde o começo, ou seja, sempre pelo direito, sem virar o trabalho.

* Embora a peça tenha dimensões menores que a de um Ipad, o fio empregado tem uma boa elasticidade, o que permitiu que a capa ficasse ajustada como uma meia.

* Se você optar por fazer um forro de tecido (feltro ou algodão), faça-o de acordo com as medidas do aparelho, visto que esses tecidos não possuem elasticidade.

* Como o fio empregado possue apenas um cabo (single ply), não se recomenda blocar a peça.

Legenda

M= meia

T = tricô

CFAT = com o fio atrás do trabalho

x4 = repetir as orientações dentro dos parênteses 4 vezes

Execução

Com a montagem mágica, coloque 50 pontos nas agulhas, sendo 25 em cada uma. Se você estiver usando agulha circular, coloque um marcador apontando o início do círculo.

As orientações a seguir devem ser repetidas nas duas agulhas ou antes e depois do marcador, conforme o método escolhido.

Já na primeira carreira, comece fazendo:

Carr 1.: 2m, (1m, 4t) x4, 3m. (Repita a mesma coisa nos 25 pontos seguintes).

Carr 2, 3 e 4.: 2m, (cfat, passe 1pt sem fazer, 4t) x 4, cfat, passe 1pt sem fazer, 2m. (Repita a mesma coisa nos 25 pontos seguintes).

Repita as carreiras 1 a 4 mais 12 vezes para um estojo como o da foto.

A seguir, faça duas vezes:

3m, (4t, 1m) x4, 2m.

Finalização

Na última carreira, é hora de fazer um Icord.

No início do circulo, monte mais 2 pontos na agulha esquerda. (Total 52 pontos).

{*Faça 2m, 2pjm.

Devolva os três pontos que você acabou de fazer para a agulha esquerda.*

Repita a operação 5 vezes.

Na sexta vez, é hora de fazer a casa do botão, da seguinte maneira:

*Faça em meia os 3 pontos do Icord. (ATENÇÃO: desta vez, não pegue 2pjm no final.)

Devolva os 3 pontos para a agulha esquerda.*

Repita a operação 7 vezes.

Na oitava vez, faça 2m, 2pjm levantando um ponto na base da casa do botão. Perceba que ficou um arco.

Repita as instruções dentro das { } 4 vezes. Você terá 4 casas de botão.

Terminada as casas, faça apenas a parte marcada em negrito até o fim dos pontos. Ao chegar ao final, arremate os três pontos e esconda os fios com a agulha de tapeçaria.

Para quem curte detalhes: botões fofos, que podem ser substituidos por outros mais sóbrios na hora de presentear um homem.