Lã nas artes plásticas

Sonya Philip é uma artista filipina que hoje mora em São Francisco e cria peças lindas com fios, desafiando os limites entre artesanato e arte.

Em seu trabalho, Sonya procura colocar um toque humano em objetos produzidos industrialmente, provocando delicadas “surpresas” em quem vai às suas exposições.

Sonya começou a tricotar aos 20 anos. Antes, ela costurava e fazia macramé. Tem mais informações sobre ela aqui.

Crochê, arte e brincadeira

Em meados dos anos 1990, durante uma exposição numa galeria de arte no Japão, duas crianças se aproximaram da artista plástica Toshiko Horiuchi MacAdam e perguntaram se podiam escalar sua escultura – uma enorme instalação feita em crochê que mais parecia uma rede gigante.

Meio apreensiva, ela disse que sim.

Escultura para brincar

Nasceu daí a idéia de criar um parque todo feito com crochê e outras manualidades que foi instalado três anos mais tarde em um parque em Sapporo, no Japão, em parceria com engenheiros da TIS & Partners e arquitetos da Takano Landscape Planning.

 

A artista trabalhando