Gola Marshmallow


Super simples e rápida, a Gola Marshmallow pode ser tecida com apenas uma meada do Fio Corriedale Jumbo Da Fazenda.

É indicada para iniciantes que querem aprender a usar a agulha circular. Ou para você que quer um projeto rápido. Ideal para presentear.



Material:
1 meada do Fio Corriedale Jumbo Da Fazenda
Agulha circular 10 mm, com cabo de 60 cm.
1 marcador de pontos
Agulha de tapeçaria para arrematar (opcional)

Abreviações:
m: ponto meia
t: ponto tricô

Instruções:

Monte 60 pontos na agulha.

Feche o círculo. (caso você não saiba como fazer, assista esse vídeo =>aqui<=).

Coloque o marcador (ele vai indicar o início da carreira).

Teça 5 carreiras em ponta barra 1×1 (*1m, 1t*).

Após tricotar a barra da gola, tecer em ponto meia por 20 carreiras.

Finalize com 5 carreiras em ponto barra 1×1 (*1m, 1t*) e arremate conforme instruções abaixo:

Carreira de arremate: teça dois pontos em meia.Volte o primeiro ponto por cima do segundo. Você terá apenas um ponto na agulha. Repita até o fim da carreira.

Esconda os fios. E sua gola está pronta!

Aposte em um tingimento bem colorido para dar ainda mais charme à sua gola.

Com apenas uma meada, você tem uma gola para aquecer os dias frios que estão por vir 🙂

Patches bordados

tutorial por Clara Quintela (@clarabeauty)

Material:

-2 meadas do fio para bordado da Fazenda em duas cores diferentes da sua preferência (em breve disponíveis para venda)
-Bastidor (mas se o tecido for bem grosso não precisa)
-Tecido em algodão. Se for grosso, como uma lona, melhor!
-Feltro
-Papel carbono para transferir o desenho
-O desenho (você o encontra ali embaixo)
-Agulha, tesoura afiada e cola branca.

1- Transfira o desenho para o tecido (se for usar bastidor, não esqueça de deixar espaço nas bordas).

2- Faça todo o contorno em ponto atrás .

3- Faça a primeira camada de ponto cheio NA HORIZONTAL .

4- Faça a segunda camada de ponto cheio NA VERTICAL .

5- Recorte o bordado deixando uma pequena margem de tecido em volta. Essa margem você vai precisar depois quando for costurar o seu bordado na roupa .

6- Espalhe cola no verso do bordado e também no tecido em torno e cole no feltro. E seguida deixe secar naturalmente, de preferência debaixo de um livro ou algo bem pesado.

6- Uma vez, seco recorte as bordas do jeito que você quiser e costure na sua roupa .

Sugestões de imagens para você bordar

Você pode imprimir o passo a passo com os desenhos clicando em PDF abaixo.

Enjoy!

Xale Aurora

Por Clara Quintela

Modelo: Luiza Bassotto
Fazenda São Francisco – Chiniquá – São Pedro do Sul/RS

Esse é um xale todo trabalhado em ponto meia (cordões de tricô) e aumentos apenas no lado direito do xale. Sua beleza fica por conta da mistura das cores. Por isso, use sua criatividade na hora de escolhê-las. Sendo uma construção muito simples, pode ser facilmente aumentado ou diminuído, conforme sua necessidade, bastando repetir a Parte 1 quantas vezes achar necessário antes de trabalhar a Borda Rendada.

Divirta-se!

Clara

Material:

4 meadas do fio Merino Sock 4 ply da Fazenda, em 4 cores contrastantes (100% lã merino. 100g/ 380m)

Agulhas 4mm (recomendado: agulha circular com pelo menos 80cm de comprimento) 1 agulha para acabamento
1 marcador

Amostra: (em cordões de tricô): 20 pts x 36 carr = 10 cm

Abreviações:
m – meia
laç – laçada
2pjm – dois pontos juntos em meia
ld – lado direito do trabalho la: lado avesso do trabalho

Execução

Utilizando a cor A, monte 3 pontos.

Parte 1 (na cor A)
Cordões de tricô
Carr 1: (ld) 2m, coloque o marcador, laç, m até o fim da carreira. (1 aumento)
Carr 2 e todas as pares: (la) m.
Repita essas duas carreiras até ter 59 pontos nas agulhas.

Carreira rendada simples: (ld) 2m, laç, m, * laç, 2jpm* até o fim da carreira. Na carreira seguinte, tricote todos os pontos e laçadas em meia.

Parte 2 (na cor B)
Repita a parte Cordões de tricô da Parte 1 até ter um total de 119 pontos na suas agulhas.
Em seguida, faça

Carreira rendada simples: (ld) 2m, laç, m, * laç, 2jpm* até o fim da carreira.
Na carreira seguinte, tricote todos os pontos e laçadas em meia. Total 120 pontos .

Parte 3 (na cor C)
Repita a parte Cordões de tricô da Parte 1 até ter um total de 179 pontos na suas agulhas. Em seguida, faça:


Carreira rendada simples: (ld) 2m, laç, m, * laç, 2jpm* até o fim da carreira. Na carreira seguinte, tricote todos os pontos e laçadas em meia. Total 180 pontos

Parte 4 (na cor D)
Repita a parte Cordões de tricô da Parte 1 até ter um total de 239 pontos na suas agulhas. Em seguida, faça a Borda Rendada descrita abaixo:

Borda rendada
Carr 1: (ld) 2m, laç, m, *laç, 2jpm* até o fim da carreira.
Carr 2 e 4: (la) tricote todos os pontos e laçadas em meia
Carr 3: (ld) 2m, laç, 2m, *laç, 2jpm* até o fim da carreira.

Repita as carreiras de 1-4 mais 25 vezes.

Arremate frouxamente, esconda os fios.

Para um resultado mais bonito, recomendo blocar levemente, sem esticar muito os cordões de tricô e um pouco mais agressivamente a borda rendada.

Passo-a-passo: aprenda a tingir fios

Personalizar fios de lã com as suas cores preferidas é mais fácil do você imagina.

Material
1 meada de 100gr da Lã para Tingimento Da Fazenda

Você encontra meadas para tingimento aqui!

Corante Vivacor nas suas cores preferidas
Colher de sopa
Panela
Bacia

Importante: esse corante, da marca Guarany, é específico para tingir certos materiais, entre eles, a lã. Se o fio que você está utilizando contiver outro “ingrediente”- como nylon, algodão, acrílico, etc – talvez o resultado não seja tão bom quanto o que você espera. Leia sempre o rótulo do corante que você comprou para verificar se ele serve para o fio que você tem.

Execução

1) Retire o rótulo de papel da Meada de lã para tingimento Da Fazenda e coloque a meada de molho em uma bacia com água fria suficiente para cobri-la, cuidando para que fique encharcada.

2) Use 2 litros de água para cada 100g de lã a ser tingida (pode-se usar uma garrafa PET de refrigerante vazia e limpa como medida).

3) Em uma panela coloque para ferver um copo da água medida e dissolva 8g (uma colher de sopa rasa) de corante Vivacor para cada 100g de lã.

4) Depois de bem dissolvido o corante, acrescente o restante da água medida e misture bem, mantendo a panela com a tintura no fogo.

5) Segurando por um dos barbantes de amarração, retire a meada de lã da bacia, dobre ao meio e torça levemente para retirar o excesso de água. A lã deve permanecer bem úmida para evitar manchas e choque térmico ao ser colocada na tintura.

6) Coloque a meada cuidadosamente na panela e com o auxílio de uma colher faça com que seja totalmente coberta e encharcada pela tintura.

7) Cozinhe em fogo alto até o ponto de fervura e depois por mais 5 minutos, mexendo a lã algumas vezes de forma suave e sem movimentos bruscos, que nesta etapa podem fazer com que a lã feltre e os fios fiquem grudados.

8) Após o cozimento, desligue o fogo e deixe esfriar naturalmente. Após esfriar um pouco
despeje o conteúdo da panela em uma pia ou tanque para que a sobra da tintura escorra.

9) Deixe a lã perder a temperatura naturalmente para somente então enxaguar em água
corrente até sair todo o excesso de tinta. Não coloque a lã quente sob água fria, pois o choque térmico também causará feltragem das fibras e endurecimento do fio;

10) Após enxaguar, torça levemente ou utilize uma centrífuga de roupas para retirar o excesso de água e facilitar a secagem. Se desejar, pode deixar alguns minutos de molho com amaciante de roupas. Seque à sombra.

A seguir, o processo inteirinho descrito em fotos: