Blocando meu xale

Em 2013, lançamos as primeiras edições de fios com tratamento superwash, entre eles havia o fio Lace, com apenas um cabo (single) e 100% lã de ovelhas da raça Ideal ou Polwarth, como é conhecida no exterior. Apresentava-se em meadas de 50 gramas com 600 metros.

Fio lace superwash, 100% lã Ideal

Com este fio, a Clara Quintela criou a receita do Xale Alegria, com menos do que as 50 gramas da meada. Este xale já foi tecido por diversas tricoteiras e a receita está disponível aqui em nosso blog.

Xale Alegria da Flor de ìris – Fio Lace com lã Ideal Superwash

Eu, Mari, quem vos escreve, resolvi experimentar essa receita novamente com o fio lace que temos atualmente. Ele possui dois cabos torcidos e é 100% lã merino. Apresenta-se em meadas de 100 gramas com 800 metros, com tingimentos naturais e ácidos.

O resultado ficou incrivel, a renda ficou bem definida e visivel. Foi usado um pouco a mais de fio, já que ele é um pouco mais grosso.

Xale Alegria – Fio Merino Lace

Foram utilizadas aproximadamente 70 gramas de fio ( menos de uma meada) e agulhas de trico circulares de 4 mm com cabo de 80 cm. As medidas finais, pós blocagem, são de 85 cm de altura x 185 cm de comprimento.

Falando em blocagem, em trabalhos rendados (seja tricô, crochê…) é indispensável o uso dessa técnica, que nada mais é do que dar formato/modelar/ajustar a sua peça.

As fotos abaixo mostram a renda do xale antes e depois da blocagem:

Existem várias maneiras de fazer a blocagem. A minha é super simples e vou explicar resumidamente como foi feita.

Deixei o xale de molho por alguns minutos na água, dentro de um balde. Como era a primeira vez que a peça era molhada, coloquei um pouco de vinagre na água, que ajuda a manter as cores firmes no fio. Troquei a água do balde e adicionei um pouco de condicionador de cabelo neutro, que dá maciez ao fio. O vinagre e o condicionador não são obrigatórios, mas gosto de usar pelos benefícios citados.

Para retirar o excesso de água, é só enrolar a peça em uma toalha de banho. Não precisa torcer, só pressionar levemente.

Então, agora é esticar a peça e prender as extremidades. É nessa hora que você dará formato e chegará no tamanho desejado. Usei esses blocos de EVA que são fáceis de encontrar e bem em conta. Mas já fiz em cima de uma cama e dá certo também. Eu uso alfinetes simples, como os da foto, mas existem alfinetes próprios para blocagem e também varetas, caso você tenha interesse em investir em equipamentos mais sofisticados.

Xale antes da blocagem

Depois de prender a peça no formato desejado, é só esperar secar naturalmente.

Secando

Depois é só retirar os alfinetes e desfilar por ai com sua peça tricotada, blocada e linda! ❤

Print Friendly, PDF & Email

8 respostas para “Blocando meu xale”

  1. Belo modelo de xale! Nunca fiz o que chamam de “blocagem” ou goma nos meus xales, acredito que dependa do ponto escolhido e da tensão ao fazê-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *